Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

Memória Olfativa

 

A memória olfativa tem poderes surpreendentes. Um cheiro familiar, do perfume dos lençóis na cama, por exemplo, pode nos fazer viajar no tempo e nos levar direto à casa da nossa infância. Da mesma forma, uma fragrância é capaz de alterar o estado de ânimo de uma pessoa e também sua autopercepção. Um estudo publicado na revista científica Brain Sciences, em 2016, concluiu que cheiros, e a memória afetiva relacionada a eles, tem o poder de reduzir o estresse e até melhorar a sua saúde, além de despertar mais autoconfiança e motivação.

 

A análise foi feita pela psicóloga Rachel Herz, da Brown University, nos Estados Unidos, considerada uma das maiores autoridades do mundo em psicologia olfativa. Em um estudo anterior, da mesma pesquisadora, 113 mulheres foram entrevistadas e mais de dois terços delas disseram que, ao usar uma fragrância, se sentiam mais sedutoras ou mais bonitas e alegres.

 

A explicação para isso é científica: o olfato está diretamente ligado à área do cérebro que lida com memórias e emoções, e com o hipocampo, que está envolvido na formação de novas memórias. Áreas muito parecidas com aquelas ativadas pela música. Não à toa, a perfumaria usa termos da composição musical. Uma nota, com um ou mais ingredientes, compõe uma fragrância, como as notas de uma música. Quando unida a outras, forma um acorde que, com outros, resultará em uma composição única.

 

Convidamos você a mergulhar neste universo e se encantar com extasiantes jazidas de notas, acordes e sinfonias de fragrâncias que lhe remeterão a momentos marcantes da sua vida e lhe farão apaixonar-se por novos perfumes, que vão integrar a atmosfera de bons momentos que ainda estão por vir.